Resenha #1 Um Novo Florescer: Fabiana Cardoso

Resenha publicada no blog “Escrevendo aos pouquinhos”

Olá amigos, andei um bom tempo afastada por conta do trabalho e de um novo projeto, mas hoje volto com a resenha de Rosa Imortal: um novo florescer.

Eileen trabalha como jornalista na Londres da década de sessenta, mas também tem uma identidade secreta como espiã ao lado de seu namorado Jason. Ela terminou a faculdade com seus dois melhores amigos: Loren, com quem tem uma grande amizade e Marcello um italiano meio maluquinho, mas muito divertido. Em paralelo conhecemos os assustadores vampiros.

“O canadense certamente se arrependeu de ter perguntado (…). Ele ergueu o horrendo rosto para Liam, que quase desmaiou de pavor. Era uma face enrugada, esverdeada e com protuberâncias no mínimo nojentas: a cabeça exibia poucos fios de cabelo numa cor parda e olhar raivoso era vermelho, como os de uma ratazana.

 Olhem aqui, seus vermes mortais, vocês não sabem com quem estão lidando. Somos muito mais poderosos do que imaginam, e não devemos explicações a ninguém!” (trecho página 45)

Marcello se apaixona por Loren, mas esconde dela o fato de ser um vampiro. Ela aceita o convite dele para sair e o rapaz inconsequente acaba a transformando em uma imortal, para o desespero da jovem moça.

Abraçando-a carinhosamente, sem permitir que ela se soltasse, ele afagou os cabelos da moça, afastando-os do pescoço. Aumentando gradativamente a força de seu abraço, Marcello fincou seus caninos no pescoço de Loren, sugando seu sangue. Ela começou a gritar e se debater, transtornada, tentando desesperadamente livrar-se do seu predador, sem sucesso.”

 (trecho página 52)

Jason secretamente investiga a morte de dois embaixadores, mesmo com seu disfarce ele acaba sendo descoberto e assassinado em uma emboscada. Eileen não se conforma com sua morte e passa a investigar para descobrir o verdadeiro assassino, seu único suspeito é o charmoso Fabian.

(…) “Jason não teve tempo sequer de gritar. A velocidade com que o punhal atingiu-lhe o peito foi fora do normal.

A dor pareceu acordar sua mente anestesiada e ele sentiu a morte aproximar-se. O feitiço parecia estar enfim quebrado, infelizmente um pouco tarde. Seu organismo já estava debilitado e Jason podia sentir a vida esvaindo-se por entre seus dedos muito rapidamente. Eileen!…”

(trecho página 100)

Ela não imagina que está adentrando um mundo surreal, onde vampiros se organizam em cargos importantes e praticamente tomam conta da velha Londres e de seus moradores.

Minhas Impressões

Olá pessoal, tenho que confessar que não sou muito fã de vampiros, mas quando li a sinopse e descobri que espiões compartilhariam a história com os seres imortais fiquei bem interessada e achei que seria um bom diferencial para vencer o meu preconceito injustificado em relação aos vampiros. Foi uma boa escolha. No começo me perdi um pouco com a narrativa, mas depois que me acostumei e entendi o rumo que os personagens tomaram a leitura fluiu naturalmente.

Conforme a espiã Eileen avança em sua investigação sobre o assassinato do namorado Jason, vamos conhecendo os clãs de imortais que ocupam cargos de destaque na antiga Londres. Gostei muito dos vampiros que não tem sede apenas de sangue, eles almejam o poder e para conquistá-lo não se importam em destruir tudo e todos que encontram pelo caminho. As famílias travam uma guerra que a maioria dos mortais sequer imagina acontecer.

Em paralelo temos o romance atribulado entre Loren e Marcello, esse vampiro maluquinho que se tornou o meu personagem favorito (confirmando minha tendência de gostar de personagens não muito normais).

Rosa Imortal tem sangue, disputas, mistérios e ação, prometendo seguir o mesmo ritmo no segundo livro, que pretendo ler em breve. Para quem gosta de sobrenatural e investigações uma ótima pedida.

Visite o blog da autora que ficou lindo e tem várias informações.